Agripino participa de inaugurações na UFERSA com Ministro da Educação

O senador José Agripino participou na tarde desta quinta-feira (30), em Pau dos Ferros (RN), de inaugurações de obras de melhoria e ampliação da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho. Foram inauguradas a biblioteca central e a residência universitária com investimentos de mais de R$ 5 milhões. … Continue lendo Agripino participa de inaugurações na UFERSA com Ministro da Educação

O senador José Agripino participou na tarde desta quinta-feira (30), em Pau dos Ferros (RN), de inaugurações de obras de melhoria e ampliação da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho. Foram inauguradas a biblioteca central e a residência universitária com investimentos de mais de R$ 5 milhões.

Para Agripino, o crescimento da universidade é estimulo singular para juventude potiguar. “A universidade em Pau dos Ferros tem hoje quase mil e duzentos estudantes divididos em sete cursos. Melhorar as condições desses alunos é fundamental. O avanço é evidente e isso só vai estimular essa juventude sedenta por oportunidades”, destacou.

De acordo com o ministro os investimentos na educação superior do país vão continuar. “Continuamos expandido e consolidando as universidades federais que foram implantadas ou tiveram novos campi, como este aqui em Pau dos Ferros. É o nosso compromisso para com a educação pública no Brasil, especialmente a educação superior”, comentou.

Na ocasião, Mendonça Filho fez a entrega simbólica da chave da residência universitária a um estudante do campus da Ufersa em Pau dos Ferros. O Campus foi inaugurado em 2012 e hoje atende 1.150 alunos distribuídos nos cursos de arquitetura e urbanismo, ciência e tecnologia, engenharia ambiental e sanitária, engenharia civil, engenharia de computação, engenharia de software e tecnologia da informação.

“Dia importante para a educação de Pau dos Ferros e do RN. Celebrar a chegada desses novos equipamentos é gratificante porque eles vão fazer a diferença na formação da comunidade universitária da região”, ressaltou o deputado federal Felipe Maia também presente na solenidade.

A cerimônia de inauguração contou ainda com a presença do reitor da universidade professor José de Arimatéia Matos, do prefeito Leonardo Rego, entre outras autoridades locais.

A RESIDÊNCIA

Na construção da residência estudantil, que terá capacidade para atender até 160 alunos, foram investidos R$ 3 milhões. A obra havia sido iniciada em 2014. A estrutura é composta de dois prédios (um para a ala masculina e outro para a feminina), 40 dormitórios, banheiros coletivos, refeitórios, áreas de serviço, sala para TV, sala para estudos e sala de informática. A universidade já abriu o processo de seleção para ocupar a residência.

A BIBLIOTECA

As obras da biblioteca central custou R$ 2,1 milhões, dos quais R$ 790 mil destinados a aquisição de acervo.

Apesar de ter sido inaugurada agora, a biblioteca central estava em funcionamento desde agosto deste ano. O acervo atual é de 667 títulos e cerca de 8,3 mil exemplares. Com área de 1.350 m², o espaço tem sala de leitura, sala de internet, cabines individuais, multiteca, salas de leitura individual, sala de restauração e banheiros masculino e feminino, todos adaptados para pessoas com deficiência.

Foto: Assessoria de Imprensa