NÓTÍCIAS

15 de junho,2011PRESIDENTE DEM COMPLETA TRÊS MESES NO CARGO E DIZ QUE PIOR JÁ PASSOU

Três meses após ter assumido a presidência nacional do DEM, o senador José Agripino Maia (RN) afirmou nesta terça (14), ao portal G1 que sua maior vitória até o momento foi ter mantido vivo o Democratas, após a debandada de filiados para o Partido Social Democrático (PSD), criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Para Agripino, o pior momento da sigla ?já passou?.

?A nossa grande vitória até aqui é que o partido está mantido. O pior já passou?, disse Agripino.

Alçado ao comando do partido em 15 de março, Agripino avalia que o partido foi vitorioso na crise que derrubou da chefia da Casa Civil o então ministro Antonio Palocci. Para o presidente, a atuação dos parlamentares do DEM na Câmara e no Senado verbalizou a insatisfação da sociedade no episódio do enriquecimento do ex-ministro.

?Estamos cumprindo uma bela missão, porque o Democratas tem como verbalizar as coisas, aqueles que estão insatisfeitos precisam se ancorar em alguém que diga que as coisas estão erradas?, argumentou Agripino.

Desde que assumiu o comando do DEM, Agripino vem percorrendo o país para organizar o partido nos lugares onde a debandada de filiados foi mais prejudicial ao partido. Em Santa Catarina, onde o grupo do ex-senador Jorge Bornhausen desembarcou do DEM, Agripino afirma que o partido já está sendo ?reconstruído?.

Já em relação ao futuro no comando do DEM, uma vez que o mandato tampão para o qual foi eleito termina em setembro, Agripino afirma que ainda não fez planos, mas está trabalhando para organizar o partido para as eleições municipais de 2012.

A assessoria de Kassab e da Prefeitura de São Paulo informou ao G1 que o prefeito não iria se manifestar sobre as declarações do presidente do DEM.

VOLTAR